9.2.05

Nada...




Posted by Hello

Sinto-me caminhar por uma praia deserta que não me leva a lado nenhum... que não me leva a ninguém... que não me leva a ti!
Vejo as minhas pegadas ficarem marcadas na areia molhada da praia, mas não vejo ninguém que as siga... Que lhes dê importância!
E enquanto caminho nesta direcção a lado algum, vejo-me perdido... sem inspiração nenhuma para ser... mais do que o pouco que neste momento sou!
Sabe-me bem quando a onda é mais forte e me molha os pés descalços.
E olho de novo para trás... e ninguém!
E sigo de novo em frente... ainda em direcção a nada!
Por onde andas tu?...

9 comentários:

Ritinha disse...

Sandro, não procures que pise as pegadas que deixas no caminho... procura quem contigo queira caminhar lado a lado.
Beijos grandes

Mikado disse...

Mesmo caminhando na praia, mesmo sentido os grãos de areia a beijarem os pés, mesmo que a direcção seja em frente, nunca sabemos para o que caminhamos, para quem caminhamos...quem sabe se na curva da praia, no rebentar da sétima onda, não encontramos alguém que também caminha em frente, pela praia.
Beijos e continua a deixar as tuas pegadas na praia

Pikas disse...

As pegadas que deixas para trás são acarinhadas pelas ondas do mar. Não andes na praia olhando para as pegadas que deixas à espera que alguém as siga, olha sempre em frente, pois é lá que alguém espera por ti =) ***

mood disse...

Às vezes é importante fazer essas caminhadas...para poderes olhar para trás e veres o percurso que fizeste pelos teus pés, sozinho.É sempre um mérito. Tem isso presente. Não te sintas perdido porque vais pelo bom caminho...em frente!
Beijo bom

Gaivota disse...

pois é, Sandro... Mas nós estamos todos aqui...
e mesmo que não te conheçamos o suficiente para te seguir as pegadas, vemos-te ao longe a caminhar na areia.

E lembra-te, que o caminho pode não ser sempre em frente.

beijo*

Andreia disse...

"Não me leva a ninguém" e "não me leva a ti", são coisas diferentes. Será que o que queres é encontrar esse "ti", ou estás preso a um "alguém" que te dê mais, dê mais do que precisas, mas não o vês? :)...

Sempre bonito o que escreves Sandro :)

Ninagasol disse...

Eu? Estou aqui... :) ;)

Mas não, não olhes... nem para trás, nem para a frente.
Fecha apenas os olhos.

O azul do mar ao juntar-se com o azul do céu, dar-te-á "um azul" que será teu. Aí, abre os olhos devagarinho e... sentirás. E, estarás acompanhado.
Beijos

Anónimo disse...

conheço bem essa caminhada em direcção ao nada... o rapaz que pensava que o mundo era redondo

mad disse...

Não é facil comentar um post destes.
um beijo para ti