12.10.04

És sonho

Acordei...
Mais uma vez sozinho!
Após uma noite contigo,
Em que te sonhei nos meus braços.

Acordei no escuro...
Que manhã fria esta!
Cai uma chuva mole... chata!
Uma chuva que não molha... mata!
Ainda tenho o sabor do beijo que te dei à pouco!
Ainda agora...
Quando não te tinha, mas te sonhei em mim!

Acordei perdido no tempo,
Sem identidade nem vontade de ser.
Acordei...
Perdido naquele momento em que estava...
De olhos fechados para te ver!

Neguem-me este acordar,
e deixem-me ganhar o mundo!
Quero ser em ti...
Fechar os olhos, estar contigo...
Viver-te num sonho profundo!

21 comentários:

FDC disse...

"Ainda tenho o sabor do beijo que te dei à pouco!
Ainda agora...
Quando não te tinha, mas te sonhei em mim!"

Sublime :)

MONALISA disse...

Ia precisamente citar a frase que citaram no comentário acima. Está perfeita.
Um beijinho.

Anónimo disse...

Nem tenho palavras. Disseste aquilo que tantas vezes também já senti...

Ninagasol disse...

"Quero ser em ti...
...
Viver-te num sonho profundo!" Então, sê.
(Voltará a fazer sentido?)***

Maria Branco disse...

Que este seja um sonho tornado realidade, vivido... Que este amor seja vivido em toda a sua plenitude! É o que te desejo! Muitos beijinhos

nikonman disse...

fantástica a tua escrita.

R/B Estação disse...

Silêncio!
Quero ler mais uma vez, não quero acordar deste poema...

Marta disse...

Adorei. Beijo

Paulo Ferreira disse...

Somente quando os sonhos são mais doces e prazenteiros que a própria vida, podemos pedir um sono profundo, para que possamos sonhar que o tempo tem tempo para amar.

Ana Catarina disse...

O que vale é que até nos podem roubar a oportunidade de um beijo, mas o sonho nimguém nos rouba... se ela sonho, ela é tua!

Bj*

mad disse...

De que vale ter voz
se só quando não falo é que me entendem?
De que vale acordar
se o que vivo é menos do que o que o sonhei?
Mia Couto
(uma oferta espeical para ti)

Sandro disse...

FDC: Sublime? Não será tanto... Mas obrigada.
Um abraço

MONALISA: A perfeição atinge-se com muita prática. Ando a tentar... :) Um beijo.

Anonymous: Isto do anonimato é um castigo... Tens de aranjar palavras então, para que o possas dizer além de sentir. Abraço.

Ninagasol: A pergunta é mesmo essa... Voltará a fazer sentido? O medo está cá... E torna-se difícil acreditar... Mas eu escolho pensar que sim, que voltará a fazer sentido. Tens de acreditar no mesmo. ;) Beijo

Maria Branco: Obrigada. Todos os amores devem, ou deveriam, ser vividos na sua plenitude. Já te disse que gosto muito do que escreves? Beijo

Sandro disse...

nickonman: São os teus olhos! ;)

João da Cal: Mas tens de acordar. Este sonho é meu, tens de viver os teus. Um abraço

Marta: Obrigada. Beijo.

Paulo: O tempo tem tempo para amar... Gostei! Mas nós é que temos de ter tempo para quem amamos, e hoje em dia isso é cada vez mais complicado! Mas porque nós complicamos... Abraço.

Ana Catarina: Ela não é minha porque sonho com ela. Por vezes nem conheço quem entra nos meus sonhos. Talvez o amor ainda não tenha cara para mim, talvez seja eu que não queira ver... Mas o sonho realmente ninguém me rouba! Beijo

mad: :)
Quando falas eu ouço...
Ouço sempre. E é bom ouvir-te!
Muito obrigada pela oferta especial.
Não sei se sou digno... mas sei que gostei! :)
Beijo grande

Anónimo disse...

Sandro: Tentarei compôr palavras para aquilo que sinto em http://puzzledeletras.blogspot.com/. Aparece.

c.b. disse...

Sincero, sentido, profundo mesmo.

Gostei muito do teu poema.
Continua

Abraço

Anónimo disse...

É isso que faço sabes? Durmo, para negar a realidade e poder estar contigo...
E nos sonhos as coisas são sempre diferentes, e sonho-te cor-de-rosa, e imagino-te envolvido em nuvens de algodão doce...
Acho que não descobriste quem sou pelas minhas palavras.
Melhor assim, talvez! Sabes do que sinto mais falta do pouco que te conheci? O beijo...

Escreves tão bem!

Catarina disse...

É tão bom viver os Sonhos... *

folhasdemim disse...

Que vivas os teus sonhos. Gostei do teu blog. Betty :)

Kikas disse...

É mto difícil comentar uma escrita deste calibre. E é impossível expressar em palavras aquilo que se sente, ao ler o que escreves.
Gostei imenso!

Estrela do mar disse...

Sandro muito bonito este "És Sonho", e pouco mais há a acrescentar...gostei muito da forma como o escreveste.
Tem uma boa semana.
Um beijonho*.

Sandro disse...

Puzze de letras... não me esqueço.

Carlos: Obrigada Carlos. Abraço

Anónima: Realmente não cheguei a ti pelas tuas palavras, mas admito que gosto muito, não do que escreves, porque parecia egocêntrico da minha parte, mas da forma como escreves. E tenho pena de não saber quem és, porque enquanto tu relembras o beijo, eu mantenho-me na profunda ignorância de quem tu és. Beijo

Catarina: É bom demais. E tu andas a viver um neste momento, e espero que corra tudo bem. Beijo enorme.

folhasdemim: Prazer Betty. Gostei de que tivesses gostado. Espero que voltes. Beijo.

Leoa: Escrita deste calibre? Muito obrigada, mas não mereço tanto... Ainda tenho muito que evoluir. Mas gostei de saber que enquanto escrevo, tu sentes. um beijo à Salomé. ;)

Estrela do Mar: É bom saber que passas por aqui e que gostas do que escrevo. Um beijo grande.