31.10.06

Pensei deixar-te... não há muito tempo!
Pensei partir, entregar-te aos outros...
...Não te consigo deixar Lisboa!
Adoro a tua luz e a forma como enfeitiças quem passa...
Adoro as tuas esplanadas e os teus miradouros...
Gosto de ti Lisboa!

Pensei que não me ias fazer falta, que não me tinhas marcado...
enganei-me...
Gosto do teu Castelo, da tua Baixa Pombalina... Perco-me no Chiado e no meu Bairro Alto...
Encontro-me de novo no Cais do Sodré a admirar a outra margem, enquanto tomo um café num dos teus mil-e-um quiosques, e vejo a azáfama de quem vai pro trabalho...
Gosto de ti Lisboa...

É em ti que se esconde o amor, as amizades, e tudo o mais que faz sentido...
É em ti que me encontro com o melhor de mim.
Sei que vou sair de vez em quando, sei que vou conhecer cidades novas, que me vão marcar...
Mas não como tu... nunca como tu...
Fico contigo Lisboa!



(foto de Vasco Esteves)

é isto que resulta quando se bebe uma cerveja no Adamastor!

6 comentários:

mood disse...

Raio de cidade mais cativante... Suponho que de tempos a tempos toda a gente sinta necessidade de sair para algum lado, acho que faz parte da nossa predisposição para a descoberta. Mas quem criou raízes aqui de facto dificilmente consegue sair por muito tempo, pelo menos. Falo por mim, que continuo com o sonho de ir estudar para a Escócia e no entanto, não me vejo largar nem os amigos, nem a família, nem a cidade, nem o rio, nem Alfama, nem sequer a esplanada do Adamastor, nem... nem... nem... :) Bonito postalinho.

Maria Estrela do Natal disse...

Serás o Sandro, do Orkut??
E da Estrela?
^^
A foto fantástica e o poema lindo!
Não vejo o meu blog ali à direita...
Devo publicar sobre o ÓDIO em breve
É para contrapor o Amor...

Aluada disse...

Enfim ...
Lisboa encanta, enfeitiça, apaixona! ;)

Também eu costumo deliciar-me com essa vista, nesse mesmo local!

Maravilhosa a nossa cidade!

Sandro disse...

mood: Acho que essa necessidade passa pela cabeça de muitos de nós, mas há smepre algo que nos prende aqui. Claroq ue há smepre que parta, e fique fora uns tempos, mas mesmo nesses vejo uma vontade enorme de regressar. Eu, cada vez me sinto melhor aqui... Beijo

Maria Estrela do Natal: Sandro do Orkut?!?! Sei que me inscrevi nisso em tempos, mas nunca lá vou.. Acho que não sou eu. O teu blog já está ali à direita agora. :)
E o ódio contrapõe ao amor? E tem pernas para isso?
Beijo

Aluada: Lisboa... é Lisboa!
E um dia bebemos uma cerveja juntos, quem sabe, sem sequer sabermos quem é quem. :)
Linda, e maravilhosa...

Gi disse...

Uma cidade linda sim, mesmo com todos os seus defeitos. Escolhi morar no outro lado do rio, um local privilegiado para ver a minha (nossa :O) ) cidade.
Gosto da música também :O)

Xuinha Foguetão disse...

Não sou de Lisboa, mas sou fã!

Muito bonita.

Beijocas