18.4.08





















Cheiras-me a maresia amor...
a manhã quente, café acabado de fazer.
Cheiras-me a terra molhada, por esta insistente chuva que teima em cair..
Cheiras-me a abrigo, e deixas em mim uma sensação de paz.
Gosto das sensações que me transmites, dos cheiros que deixas vincados no meu corpo.
Para te dar em troca, tenho nada...
...
Dou-te o meu "para sempre".

14 comentários:

Inês Xein disse...

tens o teu "para sempre" e uma montanha de palavras aglomeradas que deixas fluír assim......


sente-te!

Marta disse...

"para sempre" é mais que suficiente... não preciso de mais nada!!!
Beijo nosso...

Clepsydra disse...

... e nada mais é preciso!

Irene disse...

esse «cheiro» inconfundível que nos entontece! sei como é!

menina das sardas disse...

e "para sempre" é tanto... =)

anacanela disse...

...só por que cada poro meu te respira e cheira inteira...**** cheira quase a canela,hummm :) quando se lê coisas boas assim*

MirMorena disse...

"...Cheiras-me a abrigo, e deixas em mim uma sensação de paz.
Gosto das sensações que me transmites...

Passei por aqui e adorei o que vi e li...retorno em breve...
Parabéns

Mood disse...

o ambiente deste post tem o seu quê de Eugénio de Andrade. (E perdoa porque não gosto de comentários-do-tipo-comparativos) mas a verdade é que por aqui cheira mesmo a café acabado de fazer :) Beijo grande amigo. Beijos Martinha

nuvem disse...

Quando amamos verdadeiramente alguém, damos-lhe bem mais do que nos apercebemos... :)

Beijos

*izil* disse...

è bom poder ler coisas boas, nas horas de insonia
Parabéns.
izil

Aleisa disse...

HUMMMM quem bem que cheira o AMOR!!!

Beijos Sandro

Sandro disse...

Inês Xein: :)
Sinto-me sim... e gosto que passes por aqui.

Marta: De mais nada... e nada é tudo! :)
Beijo doce..

Clepsydra: :)

Sandro disse...

Irene: Ainda bem que sabes como é... é uma felicidade que deve ser partilhada.

menina das sardas: Ou por vezes tão pouco...

anacanela: quase, quase a canela. :)
Beijo bom...

MirMorena: Obrigado por teres passado, e ainda bem que gostaste.
Não voltes em breve, volta sempre. :)

Sandro disse...

Mood: Não vou perdoar algo que não tenho porque perdoar. :)
Beijo amiga. bem grande..

nuvem: Damos tudo, ou devíamos dar tudo.. Mas importante é que não nos cobrem mais do que damos. Tem de haver esse equilíbrio.

*izil*: Obrigado izil. É bom saber que em horas de insónias, sou lido. :)

Aleisa: quase a canela... quase a canela... :)

Beijo bom..