26.3.07

G'A.. G'A... G'ANDA SALAZAR!!

SALAZAR ALÉ, SALAZAR ALÉ, SALAZAR ALÉÉÉÉÉ!!! (cântico entoado com toda a convicção pela grande falange de apoio a este grande... hummm... a este... hummmm... Hom... não!!... hummm... estad... não... polít... também não!!... pronto, pá, a ele!)


























António Salazar foi "eleito" pelos "portugueses", como o maior "Português" de sempre. (a redundância é propositada, assim como as aspas! E pronto, com isto acho que já nada me vai alguma vez surpreender!)

Engraçado isto! Eu, nos meus 30 anos, nunca votaria nele, no entanto, quem passou, e viveu, a ditadura deste senhor "in loco", provavelmente votou!!!!!!!! (ponto de exclamação vezes infinitos)
Mas agora o mais engraçado ainda... hehehehehehe!! Que giro pá! Estou aqui que não posso...
SE este senhor fosse ainda vivo, e vivêssemos sobre a sua ditadura, das duas uma, mas um só resultado: -um programa destes ou nunca poderia ser feito, ou quem defendesse Cunhal provavelmente estaria já morto! Qual o mesmo resultado?! Não é óbvio?!?!
Seria ele eleito na mesma o maior português de sempre!

PS: É verdade... e eu provavelmente por esta altura teria alguém a bater à minha porta, a destruir o meu computador, e a levar-me, sabe-se lá para aonde...

PS2: Aquela foto minha, que se encontra ali em cima no canto superior direito... nunca fez tanto sentido! Hoje escondo a cara por vergonha!!

11 comentários:

Luciana disse...

Mesmo assim ditador ou não. Ainda conseguimos alguma coisa e hoje? Não temos nada!!!

Sandro disse...

luciana:
Não temos nada?!
Isso foi-te dito por quem? com a tua idade não deve ser idéia tua, logo tem de vir de algum lado... talvez daquelas pessoas que também eu ouço hoje em dia dizer que "naquele tempo é que era", mas que são as mesmas pessoas que naquele tempo de ergueram contra Salazar e o seu ditatorismo!!!
O problema do ser humano é encontrar-se num estado de descontentamento constante!
Eu não sou assim... e mais, prezo a minha liberdade!
Não temos nada?! Temos SÓ o mais importante... O que és tu sem liberdade??!!

sana disse...

Parece q tenho eu, q não o vivi, mais presente o 25 de abril e o q significou para Portugal, do q quem o viveu na realidade.

É uma vergonha... para mim é. É uma tristeza, não de país, mas de povo q parece q se esquece do q realmente interessa. Por muito insatisfeitas q as pessoas estejam não há qualquer razão credível e lógica para uma manifestação destas.

Um homem q isola o país do resto do mundo, como fez, para evitar q fossemos expostos a uma guerra mundial, mas q nos envia para outra igualmente dissecante como foi o ultramar. Para q pudesse controlar tudo, não só a economia estável do país q tanto se grita agora por ai, mas q o faz controlando cada um de nós?! limitando o pensamento! a vontade! as ideias! perseguindo! torturando! assassinando! é isto q o país precisa?!

Por muitas coisas positivas q tenha feito por nós, q fez no inicio, foram totalmente pisadas e tiraram a cor às palavras a partir do momento q esse poder lhe deu e trouxe a insanidade ditatorial q se viu, sentiu e viveu.

Um grande português não pode nunca ser um assassino e um castrador do próprio povo e país! nunca. Marcar Portugal marcou, mas não pelas melhores razões e isso não faz dele, nem um grande português, nem um grande ser humano. Faz dele, sim, um grande ditador.

a tua indignação estupefacta. partilho-a.

Fábula disse...

sal... azar! ;)

Branca disse...

O que dizer perante esta revoltante realidade?
O povo português é mesmo uma piada seca de uma revista qualquer...
Então, tanta coisa para ser livre e depois... olha, é a maior personalidade portuguesa...
Vai-se lá entender esta gente...
Nem me apetece escrever, falar ou pensar sobre isso...

Beijinhos

Luciana disse...

Óbvio que não me referia à ditadura, à falta de liberdade de expressão! Nem tanto ao mar nem tanto à terra. Mas isto anda uma balburdia e ninguém faz nada. Chegamos a um ponto idêntico ao do Brasil, os pobres mais pobres e os ricos mais ricos, Estamos a perder a classe média!!!

delilah disse...

eu, com uma década a menos que tu, tambem nao votaria nele .. talvez não seja portuguesa .. talvez ..
*

Gi disse...

Sandro, muda depressa o Post que estou farta de ver o homem (???) sempre que abro isto :)
beijinhos ó ausente!

Viola De Lesseps disse...

Como é possivel este senhor que nem vale a pena referir o nome pode ficar a frente de um Vasco da Gama, de um Camões, de Pessoa??
Não entendo!
Alguem me pode explicar?!!

beijos

Viola L.
xx

MIN disse...

Adorei a música... relativamente a este senhor aqui em cima e ao que os portugueses fizeram com esta votação...já sabes o que sinto...vergonha e indignação.
Bj

Vasco Ribeiro disse...

Meu caro! Realmente nada me choca neste país. Mas se pensarmos bem, nós temos o que merecemos. Temos as nossas Fátimas Felgueiras, os Valentins Loureiros, Os Isaltinos de Morais, esses cromos sempre no poleiro. Assim sendo, porque não deixarmos de festejar o 25 ABRIL.
Uma vergonha. É tão bom ser Português nestas alturas..