13.9.06

Desculpa...

Desculpa andar na tua direcção... não queria, mas os pés ficam surdos às ordens que lhes dou..
Desculpa ligar-te de madrugada... é como se a tua voz tivesse de me embalar o sono...
Desculpa o beijo que te roubei... foi sem querer... soube-me bem!

Desculpa o desejo... esta vontade no olhar... o abraço forte contra o peito...
Desculpa as minhas desculpas... não as peço em consciência, ou nunca tas pediria...

Desculpa as minhas mãos... tocam-te sem a tua licença, e sem qualquer controle da minha parte...

Desculpa a minha vontade... em não ter vontade de te perder...
Desculpa as mãos, o beijo, o desejo... Desculpa pelo que ainda hei-de fazer...

7 comentários:

Joana disse...

:-)

Já pedi tantas destas desculpas...
Destas desculpas que sintetizas tão bem.

:-)

Aluada disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Aluada disse...

Definitivamente Desculpado!

Adorei esta passagem, vou repetir! :)

EU disse...

Também tenho tantas desculpas a pedir, pelo que fiz e pelo o que hei-de fazer...
Pederei desculpas até morrer...

Anónimo disse...

É tudo tão bonito quando é dito com verdade...

butterfly disse...

como é possivel uma alma nao te desculpar se pedes com tanto carinho e leveza..
beijinhos!!!!

happiness...moreorless disse...

adorei o teu blog, li um pouco e fiquei apaixoada pelas tuas palavras...
passo a vida a pedir dessas desculpas, principalmente pedir desculpas pelo frequente pedido de desculpas...
pede desculpa muitas vezes, mas nunca deixes de fazer o que sentes que deves...

um beijinho