13.10.05

Amar é bom...
Assim se pode lançar um assunto para um fórum entre homens, mulheres, religiosos, políticos, ateus, tias, betos, freaks... Toda a gente ama!
Amar é bom...
Depois há quem diga que amar sem ser correspondido dói, magoa muito, e que acima de tudo, custa.
Aceito... Mas e amar apenas? Não é bom?
Mesmo que a outra pessoa não ame de volta, ou não saiba simplesmente... ou seja comprometida...
Amar não é bom?
Lembro-me de um amigo um dia me dizer : -"Sim Sandro... Estão separados, longe, mas ao menos tu sabes que amas! Eu não amo há tanto tempo, que já não me importava de viver um amor impossível... mas amar... Só saber que amas te faz feliz!"

Lembro-me de fazer silêncio, pensar no que ele disse, e ser obrigado a concordar!
Eu não vivia angustiado por não saber o que sentir por quem, ou pensar quando é que me vou apaixonar... eu estava apaixonado, embora longe do objecto da minha paixão.
E teres essa certeza de que amas, por vezes é o suficiente para te dar força para lutares por algo, o que é sempre melhor que andar perdido numa guerra que outros vão travando, onde vão vencendo batalhas, onde vão conquistando quem amam...
Nesse dia concentrei-me apenas em quem amo, e não me perdi em mais hipóteses "baratas", do que poderia ser um escape a esse amor, que podia ser até impossível, mas que não sabia porque não lutava por ele.
Amar alguém, é travar uma guerra constante com essa pessoa, em que se vão conquistando batalhas, se vão ultrapassando barreiras, mas em que parar é morrer... Deixar que um amor caia na monotonia de um dia-a-dia, é um dos meus maiores medos!
Mas amo... e vou travando as minhas batalhas, na esperança que nunca me faltem forças, e que nunca pare à sombra do que foi conquistado para trás. Há sempre tanto para descobrir no ser humano, tanto porque lutar.
Amar é bom...

O que é que vocês acham?

7 comentários:

Pikena disse...

Ui...
Amar é tudo, é tanta coisa. Neste momento, amar é não tirar alguém do pensamento, é praguejar pela distância, é sentir ciúmes estupidos, é não ter tido coragem para amar na hora certa... foi amar tarde demais...
http://aminhabeira.blogspot.com

mood disse...

...Acho que amar sabe bem demais. Sempre. Independentemente das circunstâncias, não há coisa mais bonita...nem que seja porque nunca nos sentiremos tão bons, tão puros, tão genuínos do que quando existe esse afecto dentro do peito. Sentir-mo-nos derreter por alguém, mesmo na sua ausência é das coisas mais docinhas que a vida tem.
:) Bjinho grande amigo

Margarida V disse...

ai ai como é bom amar.
á tê-lo sempre nos pensamentos e no coração. :)

Aleisa disse...

Amar é bom...

Não amar, é viver uma vida morna muito pouco inspirada... onde o dia a dia mesmo sem ser monotono não passa de uma monotonia...
Tenho saudades dos apertos no peito... das "borboletas" na barriga... das lágrimas no rosto...

Tenho saudades de AMAR...

CA disse...

Amar é óptimo. É sentir que estamos vivos.
O pior sentimento que se pode ter é a sensação de vazio no coração, a sensação de que nada nem ninguém nos consegue tocar, emocionar, transpor, mesmo que não seja essa a nossa vontade.
Sentir que conseguimos amar alguém, amar algo é realmente o que faz a diferença para que sintamos que o coração bate com sentido.
:-)

Beijo.

Essência disse...

Amar... Mesmo com as adversidades diárias, mesmo lutando contra tantas impossibilidades e mesmo até quando a pessoa que amamos na plenitude não nos corresponde...ainda assim, continuaria a apostar no Amor. O teu amigo tem razão. Trocaria de bom agrado o vazio que sinto hoje pelos momentos em que amei.

Lolita disse...

Amar é horrivel. Mesmo quando es correspondido. amar implica sempre a montanha-russa de sensações e dependência da pessoa amada... é mau e chatei-me ver e ler sempre qu o amor é bom e bonito, quando no fundo todos ja fomos mais vezes infelizes por causa do amor que felizes à pala dele.