10.11.09

Quero...

Quero ser a tua sombra na parede... no chão... nos caminhos por onde segues... por onde te perdes...
Quero esse colar-me a ti... esse pertencer-te.
Esse ser teu sem razão...

Quero alimentar-me nos teus lábios... perceber que seguimos com um mesmo destino.
Quero as tuas certezas a calar as minhas dúvidas... a minha força a desfazer a tua fraqueza...

Quero um pouco de ti...
Quero um muito de ti...
...
Quero-te!

6 comentários:

Marta disse...

Tens-me!!!

Marta disse...

Não sei se te digo vezes suficientes, não sei sequer se já alguma vez te disse, mas amo as tuas palavras, a forma eloquente como escreves, como mostras que me amas sem dizê-lo, que me fazes sentir completa... e que me fazes querer-te ainda mais!

Juro disse...

numa altura em que, mais que crises financeiras, exitem crises de afectos, é bom chegar aqui e deparar-me com um transbordar de ternura fantástico!

bem hajam! ;)

CatWorld disse...

Lindo...
Querer é tão bom...
Amar ainda melhor...
beijoca

Maria Lucas disse...

Muita poesia e muito amor. Parabéns

Ana, dona do café disse...

:) gostei.

ps.shame on me por ter desaparecido... mas voltei!

um beijo
A*