1.9.08

Como te sinto

Sinto falta do quanto te tenho...
Sinto falta de ti, que estás aqui do meu lado...
Compreendes?
Quando é que te vejo de novo?

Sinto falta do sorriso que me dás neste preciso momento...
Sinto falta dos olhos verdes com que me olhas todos os dias...
Confusa?
Quando é que te abraço outra vez?

Sinto falta do abraço com que me envolves a toda a hora...
Sinto falta do quanto te tenho só para mim...
Percebes?
...
Sinto falta do amor que fazemos...
Sinto falta do amor...
Sinto...
Sinto-te tanto...

2 comentários:

FREYJA disse...

Caríssimo,

Agraciada por mais uma reflexão da penunbra que é a Solidão a Dois.

Agarre o momento do olhar que penetra alma a dentro, e emoldure-o, pendure-o na parede e sempre que tenha saudades do que já foi, lembre-se de que ainda poderá vir a ser. Caso Contrário, vive numa morte lenta.

Obrigada e Gratz pelo post

Joaninha a voar disse...

E eu sentia falta de ler as coisas deliciosas que dezes a alguém muito especial:)