4.8.06

ÉS

Não sou senhor da verdade... não controlo o tempo, nem a vontade dos outros...
Não sou dono da razão, e perco-a até com alguma facilidade... ou perco-me na própria razão em si!
Mas sou pessoa de alimentar os meus vícios.
E tu... o teu corpo... o teu beijo... o teu cheiro...
Tu és o maior dos meus vícios!
E roubassem-me o chão, eu chegaria a ti...
E que me arrancassem os olhos, encontraria-te sempre...

És o maior dos vícios... és o melhor dos vícios...
...

6 comentários:

viver em segredo disse...

:)) é por ser verão...tudo tem mais luminosidade...quem sabe se por o sol estar mais tempo no ar...

Anónimo disse...

lindo!!!!!

butterfly disse...

ola!!!é so pra te agradecer por sentimentos tao lindos e expressados de uma forma tao clara!!!tenho inveja dos teus conhecidos,amigos e familiares por terem por perto alguem tao especial como tu!!!mas ainda tenho mais inveja daquela que esta no teu coracaoporque deve ser uma honra e privilegio de ser amada por alguem como tu!!!obrigada por existires...beijinhos e todos que existirem no planeta...

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Absolutamente fantastico!!!

EU disse...

Um vicio saudável...
Beijo, com essência viciante!

Mikado disse...

Que víciante é a tua forma de falar e sentir o amor!

Bjs da tua regressada pekenina...